Portal do Parceiro

Nortel - Distribuidora 3M

Respiradores Reutilizáveis

Respirador Reutilizável Semifacial 3M Série 7500

Respire. Sem danos.

Respirador Reutilizável Semifacial 3M Série 7500

  • Válvula Cool Flow ® – Abre com facilidade auxiliando a reduzir o calor e a umidade da parte interna do respirador;
  • Copa nasal de silicone – Muito mais conforto ao usuário e maior durabilidade;
  • Tirante fixo/deslizante – Opção de tirante fixo ou deslizante no mesmo produto;
  • Apenas 4 peças de reposição – Mais facilidade nas manutenções.

Assista ao Vídeo:

Seis passos simples

As informações a seguir tem a finalidade de destacar os passos principais envolvidos no estabelecimento um programa de proteção respiratória e identificar recursos adicionais.

Os empregadores que decidirem usar proteção respiratória para ajudar a reduzir a exposição do trabalhador aos contaminantes perigosos no ar devem atender todos os requisitos da norma para proteção respiratória NR6, NR9, NR 15 e PPR da Fundacentro.

1

Passo 1

Avaliação da Exposição

A norma para proteção respiratória é a NR-9. Esta Norma Regulamentadora - NR estabelece a obrigatoriedade da elaboração e implementação, por parte de todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados, do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA, visando à preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e conseqüente controle da ocorrência de riscos ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho, tendo em consideração a proteção do meio ambiente e dos recursos naturais. Uma vez identificado riscos respiratórios no documento PPRA, o empregador deve consultar os limites de exposição presentes na NR15 ou ACGIH.

2

Passo 2

Programa Respiratório Escrito

O objetivo do PPR da Fundacentro é auxiliar os profissionais responsáveis pela elaboração, implementação e administração de um programa que abrange a seleção, a utilização e a manutenção corretas dos equipamentos de proteção respiratória (EPR).

3

Passo 3

Seleção do Respirador

A seleção de um respirador exige o conhecimento de cada operação para determinar os riscos que possam estar presentes e, assim, selecionar o tipo ou a classe de respirador que proporcione proteção adequada. O processo de seleção deve ser iniciado somente após a realização da avaliação dos fatores relativos à tarefa, ao usuário e ao ambiente de trabalho. Devem ser usados somente respiradores aprovados, isto é, com Certificado de Aprovação emitido pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social. Qualquer modificação no respirador feita pelo usuário, mesmo que pequena, pode afetar de modo significativo o desempenho do respirador e invalida a sua aprovação.

4

Passo 4

Avaliação Médica

É exigida avaliação médica do funcionário para uso obrigatório de todos os respiradores ou uso voluntário de máscaras faciais elastoméricas e é recomendada para o uso voluntário de máscaras faciais com filtro.

5

Passo 5

Ensaio de Vedação (Fit Test)

Todo usuário de respirador com vedação facial deve ser submetido a um ensaio de vedação para determinar se o respirador selecionado se ajusta bem ao seu rosto. Os sem vedação facial não são submetidos a este ensaio.

6

Passo 6

Treinamento para Respirador

Com a finalidade de garantir o sucesso no uso dos respiradores, os usuários, o supervisor, a pessoa que distribui o respirador, o condutor do ensaio de vedação, o administrador do programa e as equipes de emergência e salvamento devem receber treinamento adequado e reciclagem periódica. O treinamento deve ser realizado por um profissional com experiência e treinamento apropriados. O conteúdo e a frequência do treinamento devem ser compatíveis com a complexidade do respirador e com a extensão dos riscos à vida/saúde a que o usuário está exposto.